BLOG - DESCRIÇÃO

Templo

Não é um lugar de paz e tranqüilidade, mas sim de movimentação de numerosos médiuns que manipulam fantásticas forças desobsessivas e curadoras em benefício das centenas de pacientes que chegam em busca de conforto e esperança.
Nosso Templo é o foco de poderosas forças que se movimentam nos planos espirituais, sob o comando do Simiromba de Deus - Pai Seta Branca - e são projetadas nos diversos trabalhos e Sandays, manipuladas pelos médiuns, e vão beneficiar irmãos encarnados e desencarnados que estão sofrendo suas tristes passagens em suas jornadas na Terra.
Esse poder, essa grandeza manifestada pela presença de abnegados Espíritos de Luz que se fazem presentes nos diversos setores de trabalho, faz com que o Templo do Amanhecer seja verdadeiro foco de Luz por todo este Universo, atravessando o neutrom e se projetando no Infinito como um verdadeiro pronto-socorro espiritual e universal.
De forma elíptica, com sua entrada voltada para o nascente, o Templo do Amanhecer abriga vários locais de trabalho, sem ter nada secreto nem escondido, onde o paciente é recebido e tratado sem nada lhe ser cobrado nem pedido, nem mesmo lhe é perguntado quem é, de onde vem ou o que faz.
Sem distinção de raça, posição social ou nível cultural, médiuns e pacientes se envolvem no turbilhão de forças cuja resultante é a cura desobsessiva.
Temos quadros e representações de entidades, mas eles significam, apenas, a marcação de um ponto de força, da energia daqueles Espíritos de Luz, e sua ilustração nos ajuda na mentalização. É o mesmo efeito de recordações que trazemos nas fotografias de entes queridos. Não fazemos, como alguns nos acusam, adoração de imagens ou quadros.
Tudo é vibração, transformações através da manipulação de forças, agindo através do Sol Interior de cada um, pela emissão maior ou menor de magnético animal ou ectoplasma, emitindo, recebendo, transmutando energia.
O Templo é dividido ao meio por uma linha imaginária, que parte da imagem de Pai Seta Branca e vai terminar atrás do anteparo da entrada. Ao ser aberta na Pira, a Corrente Mestra forma como que um grande pêndulo luminoso, uma trança luminosa de energia, que oscila da Pira até Pai Seta Branca, torna a passar pela Pira e vai até à entrada do Templo, convergindo para a Mesa Evangélica, tendo a forma de um oito.
Além dessa projeção feita na horizontal, linhas de força percorrem o Templo, de cima para baixo - na vertical -, como se fossem colunas de Luz, movimentando-se da esquerda para a direita do salão do Templo, e sendo armazenadas nos diversos locais de trabalho pelos dosséis de tule ou de pano.
A força projetada de Mayante () é espargida sobre os pacientes.
Segundo Koatay 108, o Templo é um lugar onde os espíritos estão à vontade, onde tudo é possível. O médium tem que estar alerta e cuidadoso com seu comportamento dentro do Templo, pois um diálogo ou uma brincadeira, qualquer descuido, pode atrair uma força esparsa ou, por afinidade, um espírito que pode seguir o médium. Fazendo muita gesticulação, o médium abre sua guarda e fica com seu plexo exposto. Por isso, devemos ter a maior atenção com nossa conduta doutrinária quando estamos no Templo, porque podemos magoar espíritos, em lugar de ajudá-los.

Templo | Templo Izanor do Amanhecer